Fita Vermelha

Archive for maio 2010

Depois de muito esforço, selecionei alguns looks aleatórios dos desfiles para vocês terem uma noção do que apareceu para a moda primavera/verão de 2011.

Graça Ottoni

Chicletes com guaraná

Ricardo Almeida

Previews

As saias continuam sendo usadas, de várias formas. Os vestidos, na sua maioria curtos, como condiz o clima tropical. Se percebe que as cores não serão tão vibrantes como nesse inverno. Uma novidade que parece que vai pegar são os shorts colados, vestidos por baixo de saias, vestidos e outro shorts, como podemos ver na imagem acima, apareceu em vários desfiles com variados tons de cores.

Crédito de foto: Luiza Martuchelli
Redação: Isabella Martuchelli

Nessa semana, quem não percebeu que já está difícil levantar cedinho, ir para a academia? Tudo que mais queremos quando estamos com esse friozinho é pipoca, um cobertor quente, um bom filme pra assistir, uma ótima companhia e um pijama bem quentinho.
É isso que vamos fazer. Uma lista com cobertor, filme de romance, pijama divertido, e companhia pra todas as horas!

De crochê, quentinho, daqueles que podem ficar velhos, mas nunca deixam de te esquentar.

Três Vezes Amor – Um filme estrelado por Ryan Reynolds, que conta para a sua filha a história de como se apaixonou por sua mãe. Você vai, junto com a garotinha tentar descobrir com quem ele fica no final.

Frio nunca é sinônimo de deselegância. Por que não um pijama branquinho, chique e sofisticado?

Não existe melhor companhia do que seu bichinho de estimação. Não precisa ser um cachorro, pode um gato, coelho, hamster, o que for, o que importa é que ele vai ficar o filme todo ali com você.

Aproveitem a sesão cinema em casa. Mas não exagerem tanto na pipoca hein? Porque depois tem mais!

A Heroína

Mãe não é aquela que ignora seus erros, é aquela que te faz entender o que foi errado.
Mãe não é aquele vestido de gala que você usa só uma vez, é o jeans básico que você não fica sem.
Mãe não é aquela que fala “vai dar tudo certo”, é aquela que fala “faça alguma coisa”.
Mãe não é aquela que te abandona quando você está sofrendo, é aquela que sai pra buscar um copo d’agua pra te acalmar.
Mãe não é aquela que pergunta como você está, é aquela que sabe tudo só de olhar pra você.
Mãe não é aquela que sempre passa a mão na cabeça, é aquela que te chinga, por mais que chingue com lágrimas nos olhos.
Mãe não é aquela jóia mais rara, é a bijouteria que você usa todos os dias.
Mãe não é aquela que precisa dizer “eu te amo” pra você saber, é aquela que transmite o amor num abraço.
Mãe não é aquela bonitona com plástica que passa na TV, é aquela que faz a comida mais gostosa.
Mãe não é aquela pessoa que diz “sinto muito” quando algo dá errado, é aquela que diz “você vai superar”.
Mãe não é apenas um membro da família, é uma heroína na historinha da sua vida.

Por Isabella Martuchelli

Quem ainda não se cansou de escutar ‘rebolation tion’ e as músicas da trilha sonora de Viver a Vida? Para as pessoas que como eu, se cansaram ou não gostam aí vai uma dica ótima que é super hype.

The XX
É uma banda do sudoeste de Londres, que nasceu em 2005 e lançou seu primeiro CD em 2009, chamado XX. Suas músicas mais conhecidas são: Crystalised, Basic Spaces, Islands e VCR. O legal é que o estilo musical do grupo é o indietronic, que começou na década de 90 na Alemanha. Mistura indie, eletrônica, rock e pop.
Para conhecer mais sobre a banda e ouvir as músicas, The XX .

Crystalised – The XX

Por Isabella Martuchelli

Enquanto lemos artigos, revistas, blogs, podemos nos deparar com palavras que são completamente desconhecidas na nossa vidinha simples. Então, após horas pensando nessas palavras resolvi criar um post com o significado das mais comuns.

Ankle Boots – são botas na altura do tornozelo e hoje contam com muitas variações. A medida se estende inclusive para sandálias.
Boyfriend – a própria palavra, traduzida do inglês diz ‘namorado’ ou seja, são peças de roupa e calçados masculinos, que entraram na moda a partir de Katie Holmes, Sarah Jessica Parker e Victoria Beckham.
Backstage – camarim.
Dress Code – são as regras de vestuário de acordo com a situação.
Fast Fashion – “moda rápida” ou pouco elaborada, relacionada a lojas de departamento como C&A, Riachuelo.
Hit – um item que todos querem e usam.
Hi-lo – uma mistura de despojado e chique, como paetê com moletom.
Hype – que está na moda.
Haute couture – “Alta costura”.
Patchwork – é um trabalho artesanal de união de tecidos de diferentes cores e estampa.
Pit – local onde ficam os fotógrafos durante um desfile.
Prêt-à-porter – é a roupa que encontramos em shoppings, ou seja, não foi feita sob medida para nós.
Streetwear – é a moda que podemos observar na rua.
Trash – roupas com aparência velha, desgastada.
Trench Coats – versão do casaco usado na primeira Guerra Mundial, criado por Burberry.
Vintage – peça do passado incoporada na moda atual.

Por Isabella Martuchelli

Antes de começar a falar do que rolou no Minas Trend Preview Primavera/Verão 2011, temos que falar do outono/inverno 2010 que está começando.
Vindo do verão de 2010, o brilho e as correntes continuam com tudo, e os zíppers, antes considerados informais aparecem até em roupas de festas de marcas como Lanvin e sapatos. O que não pode faltar no guarda-roupa é: bota de cano longo, saia de alfaiataria, bracelete de corrente e seda. Também não podemos esquecer das cores vibrantes como pink, verde, laranja presentes na moda folk tanto quanto cores foscas e preto. As estampas em alta serão as geométricas e florais. Pra quem gosta de conforto os maxitricôs são uma ótima opção, em tons nude e texturados. Para a moda rock que surgiu, o couro é um grande marco, assim como as roupas militares, em tons de verde musgo e as saias de cintura alta, as vezes com volume que não saíram de moda.
A Renner, rede de lojas, nesse inverno, se inspirou na moda inglesa (que eu já admiro a tempos) e que vale a pena dar uma olhada, sem contar no preço e na qualidade dos tecidos.
Nesse inverno, o frio não vai impedir-nos de sair de casa bem arrumados e elegantes.

Saias de cintura alta

Militar

Cores vibrantes e jaquetas boyfriend

Estampas geométricas e cores neutras

Moda Rock

Por Isabella Martuchelli

Na moda, os estilos vem e voltam das passarelas e das ruas. A maioria inspirados em alguma determinada época, estilo musical, modo de agir. Enfim, os estilos, na moda, são uma forma de expressar a personalidade de cada um que o adere, o que faz com que a maneira de vestir de cada um se transforme em uma descrição do que ele é por dentro.

Grunge

O estilo grunge surgiu na década de 90, com a representação de Kurt Cobain, do Nirvana. Com roupas entre cinza e preto, maneira desleixada, as vezes grotesca de se vetir, os denominados grunges diziam que não era simplesmente uma maneira de se vestir, mas sim de ser, pensar e agir, além de estar quase diretamente relacionado a música. Hoje ele volta com tudo, implementando tachas, maquiages, e novas modelagens.

Preppy

O próprio nome, em inglês, menciona preparatório, os famosos colegiais norte-americanos que tanto se vê em filme. O estilo vem lá dos anos 70 e 80, e está predminantemente relacionado a um meio jovem. Se caracteriza por uma sofisticação moderna, com as cores marinho, branco, preto e vermelho. Quem vê o seriado Gossip Girl, já deve estar por dentro, já que os personagens, principalmente Blair Waldorf se encaixa no estilo.

Geek

Se você é daquele tipo de pessoa que é acostumada a zombar da cara dos nerds saiba que eles quem irão te zoar a partir de agora. Os novos nerds, chamados geeks, entraram na moda com uma maneira fofa, e certinha de se vestir, com estamaps de losango (o qual eu adoro!) saias, e o principal marco do look: os óculos de grau. Eles não são mais tão anti-sociais nem idiotas, saem pra badalar, sabem conversar, sabem tudo de tecnologia e cultura e o principal, tem QI alto até na no modo de vestir.

Por Isabella Martuchelli



  • Nenhum
  • fitavermelha: muito obrigada, agradeço pelo apoio.
  • nath: Te indiquei para ganhar um selo http://acessa.me/selo_doce
  • fitavermelha: Obrigada. Eu realmente pensei no look com um camisão jeans. Acho que estava certa, né? Some não. =)